Você tem mais de 18 anos?

Desculpe você não tem idade para entrar neste site.

Esperamos você quando completar 18 anos.

Vem aí mais uma grande novidade da Cereser. Aguarde!  

Cereser

A nossa empresa nasceu com a vocação de atender a todos, independente de sua origem econômica, social ou demográfica.

Assim, nossa maior competência é desenvolver bebidas de alta qualidade, acessíveis à qualquer pessoa – não apenas por praticar um preço justo, mas também pela nossa distribuição em milhares de lojas, em qualquer época do ano.

Sidra Cereser é um reflexo desta cultura, tento nascido para proporcionar aos brasileiros uma opção para celebrarem suas festas com um produto tão gostoso quanto o melhor champagne francês.

Esperamos assim atender bem a todos os brasileiros.

2017

A Cereser celebra seus 50 anos com um projeto completo de ações. Entre as novidades está a chegada de Ivete Sangalo como embaixadora da marca, nova campanha publicitária on-line e off-line e o lançamento de novos produtos.

2014

Após o período de modernização, a Viti-vinícola Cereser continua a crescer e passa a se chamar CRS Brands. Adota uma nova postura empresarial, com o desafio de desenvolver marcas cada vez mais queridas pelos consumidores do Brasil e do mundo.

Nas últimas décadas, a empresa se tornou uma das maiores fabricantes de bebidas da América Latina, sinônimo de celebração no País. Com investimento constante, suas unidades industriais são modelo no setor, aprovadas pelas maiores fabricantes do mundo e certificadas ISO.

Comemorando o seu crescimento e sua modernização, a CRS Brands apresentou ao mercado a Cidre Cereser, sidra de qualidade premium produzida pelo método Charmat, mesmo processo de fabricação das principais marcas europeias.

2013

Em celebração a paixão nacional, a marca lança, no dia do futebol (19 de julho), a Cereser Times, com licenciamento de clubes brasileiros: Atlético Mineiro, Corinthians, Cruzeiro, Fluminense, Grêmio, Palmeiras, Paulista Futebol Clube, Portuguesa, Santa Cruz, Santos, São Paulo, Sport, Remo e Vasco.

2011

Para comemorar os 85 anos da empresa, a lança embalagem especial e limitada. Decorada com um rótulo termoencolhível que faz alusão ao aniversário, foi produzida uma série limitada de 20 mil unidades.

1967

Para tornar a celebração das festas de fim de ano acessível a mais pessoas, João e Pedro Cereser lançam um produto com longa tradição nas nações europeias: a sidra – uma bebida espumante elaborada com 100% fermentado de maçã. Inicialmente, o produto era oferecido apenas em cestas de Natal que eram vendidas por meio de carnês pagos ao longo do ano.

O produto foi chamado de Champagne Cereser numa época em que não havia restrição para utilização do termo. Anos mais tarde, o produto seria rebatizado como Sidra Cereser.

1926

João, um dos filhos de Humberto, coordenava o trabalho nas plantações, ajudado pelos irmãos Santo e Venerando. Toda a produção era comprada pela Vitivinícola Traldi, uma das maiores produtoras de vinho de São Paulo e do País, naquele tempo.

Nesse ano, João partiu cedo para a cidade com carroças carregadas com parte da safra do ano mas ao chegar recebeu uma notícia triste: a empresa desistiu do negócio devido à uma crise econômica. De volta à fazenda, João Cereser teve a ideia de começar a produzir o próprio vinho, transformando a situação em oportunidade. Nascia assim a Indústria de Vinhos Santa Isabel.

1888

No início de junho, Santo sonhou que uma galinha desesperada procurava abrigo para seus sete pintinhos. Ao acordar, associou o sonho à imagem de sua própria família – de Maria Piacentini sozinha com os sete filhos. No mesmo dia, em 24 de junho de 1888, deixou o trabalho e partiu para o Porto de Santos, onde encontrou sua mulher e os 7 filhos, que haviam embarcado da Itália sem avisar.

A família, então, seguiu para a Fazenda Sete Quedas, em Campinas. Com o tempo resolveram buscar seu próprio destino. Decidiram, no mesmo ano, ir para a cidade de Jundiaí que já contava com uma significativa colônia italiana.

Santo com a ajuda dos filhos – em especial Humberto, que ia se destacando nos cuidados com a uva, especializou-se no processo de enxertia (processo de união dos tecidos de duas plantas, geralmente de diferentes espécies, passando a formar uma planta com duas partes: o enxerto e o porta-enxerto), cultivo da uva Niágara.

1886

Com o apoio do Governo Brasileiro, que na época estimulava a imigração italiana para suprir as necessidades de mão de obra, Santo Cereser parte para a América, deixando a mulher e filhos que seriam trazidos quando conseguisse um meio de sustentá-los, levando consigo a esperança de construir vida nova numa terra de muitas oportunidades.

© 2017 Cereser | Todos os direitos reservados. Remove cookie